quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

A linguagem das roupas: cores e formas

    Uma vez que cerca de 80% de nossa percepção se dá pela visão, não é difícil entender porque julgamos com base na aparência e porque as cores e formas de nossas roupas são tão importantes para a nossa imagem pessoal. Elas são grandes responsáveis pela linguagem de suas roupas e pela harmonização entre a comunicação não verbal e a verbal.

    Cores e formas são instrumentos valiosos para evitar ruídos na comunicação. Elas carregam símbolos consigo, e é imprescindível estarmos atentos aos símbolos que escolhemos portar, colados no corpo. Por serem comuns a todos nós, eles são interpretados, ainda que inconscientemente, pelas pessoas com as quais interagimos. As cores e formas que usamos não afetam somente a nós mesmos, mas a todos ao nosso redor.

Cores que projetam uma imagem de casualidade:
  • Claras como azul céu, rosa bebê, bege.
  • Vivas, bem puras e vibrantes, como laranja, vermelho tomate, azul turquesa, rosa choque, amarelo canário.

Cores que projetam uma imagem de formalidade:
  • Escuras e fechadas, como preto, marinho, grafite, marrom, vinho, verde musgo.
  • Foscas, tons bem discretos de qualquer cor.

Formas que projetam uma imagem de casualidade:
  • Caimento desestruturado: peças esvoaçantes, com movimento, mais flexíveis, molengas. Por exemplo: saia ou vestido vaporoso.
  • Tecidos estampados: estampas casuais, principalmente aquela de formas arredondadas, florais, camufladas, xadrezes e multicoloridas.
  • Tecidos e materiais de tramas abertas/e ou com textura: jeans, tricôs (quanto mais aberto o ponto, mais casual), linho, malha, veludo, madeira, palha, borracha, couro sem tratamento, metal trabalhado.

Formas que projetam uma imagem de formalidade:
  • Caimento estruturado: pesado, mais reto e rígido. Por exemplo: saia ou vestido de tecido encorpado.
  • Tecidos lisos: são sempre mais sérios e formais que os estampados. No entanto, existe um grau de formalidade também associado ao tipo de estampa - as menos casuais são aquelas retas, como as listras ( a risca de giz é um excelente exemplo).
  • Tecidos e materiais de tramas fechadas e/ou sem textura: gabardine, lã fria, tricoline, metal liso, couro lustroso e liso.
   
   Achei bem interessante essas informações para o nosso dia a dia, esperam que gostem !!!

    Beijos, Andréa.


Fonte de pesquisa: Pequeno livro de Estilo - Guia para toda hora - Ana Vaz - Editora Versus.
Imagem: Google

2 comentários:

Ro Archela disse...

Acho este um momento bem casual... gostei muito do post! beijoss
Feliz 2011

Um blog como Aquele disse...

Obrigada Ro !!! Quero pesquisar bastante coisa e postar as novidades. Este livro eu ganhei de presente e logo irei fazer um curso com este tema. Beijos.